Saltar para o conteúdo

Sabe aquela aparência branca na superfície da sua língua? Já percebeu que ela causa um cheiro ruim na boca? Pois é! Você pode estar com a famosa língua branca.

Tratar a língua branca, conhecida na Odontologia como saburra lingual ou língua saburrosa, de fato, é um dos mais importantes e principais passos para combater o mau hálito.

Há vários mitos sobre Como tratar a saburra lingual, que envolve 80% dos casos de pacientes com mau hálito, segundo pesquisas. Neste post, iremos discutir:

  • Mau hálito causas;
  • Mau Hálito na Língua;
  • Quais os principais motivos do mau hálito na língua;
  • Saburra lingual.

A halitose, conhecida também como mau hálito, compreende um problema que afeta 40% da população brasileira.

O mau hálito não poderáser tratado como uma doença, já que o mau hálito é um sintoma de que há alguma coisa de no corpo humano.

A saburra lingual compreende o acúmulo de restos de comida, bactérias outros microorganismos e células oriundas da descamação dos tecidos da boca. Os estudos confirmas que a língua branca é uma das principais causas do mau hálito.

Geralmente, a saburra lingual se concentra no dorso (parte posterior) da língua. O metabolismo e proliferação bacteriana que ocorre na língua contaminada forma gases CSV (compostos sulfurados voláteis), responsáveis pela origem do mau hálito.

Por qual motivo este problema deixa a língua com aspecto branco?

A "mudança de cor" da língua é ocasionada porque há um "depósito" de restos de comida associado à redução do fluxo de saliva na boca, e uma descamação que foge dos padrões normais dos tecidos orais.

Nestas condições, haverá um aumento considerável do desenvolvimento bacteriano que, além de produzir os gases CVS, haverá a criação de uma camada esbranquiçada na superfície na superfície da língua.

Há outros diversos fatores que promovem a modificação do fluxo de saliva, como por exemplo:

  • Pouca ingestão de água durante o dia;
  • Determina classe de medicamentos;
  • Remoção das glândulas que produzem saliva;
  • Tratamentos com radioterapia na região da cabeça e pescoço.

Existem outras situações que contribuem para a redução do fluxo salivar e o crescimento da descamação dos tecidos orais, ajudando na formação da saburra lingual. Veja abaixo alguns deles:

  • Uso de aparelhos ortodônticos;
  • Hábitos como morder bochechas, lábios e canetas;
  • Ronco;
  • Respiração pela boca;
  • Usar enxaguantes bucais a base de álcool;
  • Problemas no sistema digestivo;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • Doenças sistêmicas (Diabetes Mellitus).

Como controlar a saburra lingual?

Identificando a existência, agora é hora de tratar a saburra lingual e acabar com a halitose.

Existem muitos artifícios que podem ser utilizados para tratar a saburra lingual e recuperar o aspecto saudável da língua.

Limpeza da língua com o uso do limpador lingual

O primeiro e mais importante passo para tratar a saburra lingual é a remoção mecânica da sujeira na língua através do limpador de língua, que nada mais é do que um objeto que permite a limpeza lingual

O movimento do limpador de língua faz-se no sentido póstero-anterior (de trás para a frente), como o objetivo de remover o conteúdo sujo (que deixa a língua branca), que gera a halitose e o aspecto um pouco sujo da da língua.

Faz-se necessário também, caso haja a presença da saburra lingual, identificar a existência de outras causas que colaboram para a formação da saburra lingual, como determinados medicamentos que reduzem o fluxo de saliva na cavidade bucal.

A escova dental poderá ser para deixar mole a saburra lingual, porém é fundamental usar o limpador de língua também.

Contudo, não é recomendado limpar a língua com a escova dental pois a escova dental nem tem a forma ideal como pode gerar maior vontade de vomitar na pessoa.

Determinadas escovas dentais apresentam, na parte de trás da cabeça, um limpador lingual, que também poderá ser usado para combater a saburra lingual, porém, conhecendo que, em decorrência do tamanho do limpador de língua ser menor, é fundamental uma limpeza mais demorada.

Lembre que, sempre que for higienizar a língua, deve-se escovar com muita cautela para evitar agressões aos tecidos. A ideia aqui não é limpar a língua até sangrar que haja sangramento. Isso não fará bem algum

Doenças associadas à língua saburrosa

A língua possui, na sua superfície, pequenas entradas denominadas sulcos (foto abaixo), que alojam uma quantia enorme de bactérias.

Estas bactérias podem desenvolver problemas que vão mais além do que apenas a formação do mau hálito:

  • Problemas no coração;
  • Problemas estomacais;
  • Problemas respiratórios (como pneumonia);
  • Partos prematuros;
  • Problemas bucais (ex.: gengivite).

Na internet, é possível encontrar diversas "receitas milagrosas" para acabar com a saburra lingual.De fato, existem chás ou ervas que podem ajudar para o combate da saburra lingual, contudo, nunca isoladamente, pois não há comprovações científicas eficientes.

É importante utilizar métodos comprovados cientificamente e utilizados no dia a dia do profissional de saúde para conseguir sucesso no tratamento da língua branca e no mau hálito